Portal Ucraniano
Famosos ucranianos

(1938-1981)
Natalie Wood - Rainha de Hollywood: o nome desta famosa atriz de origem ucraniana era Natália Nikolaevna Zakharenko, e tinha 1,52m de altura.
Os pais de Nickolas Zakharenko (pai de Natalie) eram ucranianos e fugiram de Kharkiv, leste da Ucrânia, para Vladivostok, extremo leste da Rússia, por causa da guerra civil e de lá emigraram para Quebec, Canadá, e mais tarde, novamente emigraram para São Francisco, Califórnia, EUA.

Sua mãe, Maria Zoudilova, nasceu em Tomsk, Sibéria e cresceu em Harbim, China, onde se casou pela primeira vez com, Alexander Christoforovich Tatulov. Ela migrou, também, para São Francisco e lá conheceu Nickolas e se casou pela segunda vez.
E desse matrimônio nasceu Natalie Wood, em 20 de julho de 1938. Assim que os pais de Natalie receberam cidadania norte-americana eles mudaram o sobremone para Gurdim.
Natalie teve uma irmã, Lana Wood, que nasceu em 1946 e também seguiu a carreira da irmã. Natalie casou duas vezes com o ator Robert Wagner, de 1957 a 1962 e de 1972 até sua morte e teve dois filhos com ele, Natasha Gregson Wagner e Courtney Brooke Wagner. Foi casada com o ator britânico Richard Gregson, de 1969 a 1971.

Estreou no cinema aos quatro anos com o filme chamado 'Happy Land'. Em 1947, filmou 'Milagre na Rua 34', filme considerado, até hoje, um clássico natalino. Outro clássico, 'Juventude Transviada', pelo qual foi indicada ao Oscar como coadjuvante, e aos 19 anos fez 'Amor Sublime Amor' e 'O Clamor do Sexo', pelo qual recebeu sua segunda indicação, agora como atriz principal.

Ao longo de sua carreira ela atuou em 18 filmes, e quase todos fizeram muito sucesso. Faleceu em 29 de novembro de 1981 com a idade de 43 anos, afogada, em circunstâncias misteriosas enquanto navegava em um iate ao largo da ilha de Santa Catalina, na Califórnia.


Avós paternos:
- Stephan Zakharenko
- Eudoxia Sauchenko
Avós maternos:
- Stephan Illichovich Zoudilov
- Maria Andreyevna Kuleva (1912 - 1996)

Fontes:
- ethnicelebs.com/natalie-wood
- imdb.com/name/nm0000081



Ana Layevska: Anna Sergueievna Laievskaia Rastsvetaeva, 1,68m de altura, nasceu em 10 de janeiro de 1982, em Kiev, Ucrânia.
Ela é uma atriz ucraniana que faz muito sucesso no México. Ana está radicana no país desde os nove anos de idade. Seus pais são Serguei Laevski e Inna Rastsvetaeva que são muito apegados a religião cristã ortodoxa.
Ana Layevska além de linda é uma excelente atriz e toca muito bem violino e piano desde pequena. Também é bastante culta pois fala russo, ucraniano, espanhol e inglês.
Ela começou a ficar conhecida quando fez a novela "Primeiro Amor" e a "A Mil Por Hora". Depois disso vieram varios outros sucessos. Até o momento ela já fez 12 novelas, 7 filmes e 1 série.
Em 2010, Ana Layevska assinou contrato exclusivo com a Telemundo para deixar a Televisa para ser a protagonista na novela "O Fantasma de Elena" gravado em Miami, Florida.



(1913 - 1987)
Danny Kaye: David Daniel Kaminsky, nasceu em Nova Iorque, 18 de Janeiro de 1913. Ele era filho de Jacob e Clara Kaminsky, imigrantes judeus-ucranianos. Kaye foi ator, cantor, bailarino e humorista americano muito popular nas décadas de 1940, 1950 e 1960.
Estreou em Hollywood em 1944 no filme "Sonhando com os Olhos Abertos". Por mais de uma década foi considerado um dos melhores comediantes do cinema americano.
Em 1941, casou-se com a pianista e compositora Sylvia Fine, autora das primeiras canções e esquetes que o tornaram famoso como humorista da Broadway.
Ele também se destacou por seu lado humanitário foi o primeiro embaixador da UNICEF, merecendo a Medalha Presidencial (a mais alta honra civil dos Estados Unidos), dois Óscar da Academia do governo francês por sua contribuição artística à humanidade. Danny Kaye morreu vítima de hepatite e de hemorragia intestinal, em Los Angeles, 3 de Março de 1987.



Eliana Michaelichem Bezerra: Seu pai, José Bezerra, cearense nascido no município de Solonópole, foi para São Paulo e conheceu dona Eva Michaelichen, paranaense, de origem ucraniana nascida em Irati, reduto de ucranianos e outras etnias. Seu José e dona Eva, se conheceram em uma casa de família, onde os dois trabalhavam. E, no dia 22 de novembro de 1973 às 6h10min da manhã, nasceu Eliana Michaelichen Bezerra.
Atualmente é contratada do SBT. É uma das maiores personalidades em licenciamento de marcas do Brasil, fica atrás apenas de grandes nomes como Xuxa Meneghel e a Turma da Mônica. Já comercializou mais de cinco milhões de brinquedos desde o ano de 1994.
Na carreira como cantora vendeu mais de 3,5 milhões de álbuns, suas músicas mais famosas são: 'Os Dedinhos' e 'Pop Pop'. Eliana conquistou o sucesso na TV e na música uma das trajetórias mais sólidas e bem conduzidas do meio artístico nacional.
Nascida em São Paulo, ela começou na infância a participar de desfiles e comerciais. Aos 14 anos, debutou no grupo A Patotinha e, aos 17, passou a integrar o conjunto Banana Split. Durante participação no programa "Qual é a Música?", em 1991, Sílvio Santos convidou-a para apresentar uma atração infantil. Durante sete anos, permaneceu no SBT com grande êxito apresentando os programas "Festolândia", "Sessão Desenho com Eliana", "Bom Dia e Cia.", "Eliana & Cia." e "TV Animal", até que em 1998 assinou com a Rede Record. Na emissora, esteve à frente dos diários "Eliana & Alegria", "Eliana na Fábrica Maluca" e "Programa Eliana", além do dominical "Tudo É Possível"
O entretenimento aliado ao conteúdo educativo tornou-se uma marca de suas atrações. Depois de 10 anos na Record, Eliana retorna ao SBT, no dia 22 de junho de 2009, para apresentar o "Eliana", a partir de 30 de agosto do mesmo ano. Ao celebrar seus 20 anos de carreira, no final de 2008, Eliana recebe o prêmio Personalidade do Ano na Televisão, distinção promovida pela Editora Três (Istoé, Istoé Gente e Istoé Dinheiro)
Fontes:
- pt.wikipedia.org
- ukrmova.mylivepage.com



Érika Eleniak: Erika Maya Eleniak, nasceu em Glendale, Califórnia, em 29 de setembro de 1969. O seu pai é de origem ucraniana, ele próprio nasceu e cresceu em Edmonton, Alberta, Canada. O pai tinha o sonho de ser ator, então, eles se mudaram para os EUA, antes do nascimento da filha. Mas ele acabou não tendo sucesso. A sua mãe é de descendência estoniana e alemã. Seu nome é devido à sua avó ucraniana. Logo após o nascimento de Erika seus pais se divorciaram. Quando ela tinha 10 anos, trabalhou como modelo infantil.
Ela começou sua carreira no cinema no filme E.T. O Extra-Terrestre, de Steven Spielberg, em 1982, onde faz o papel da bonita garotinha que é beijada por "Elliot". Em 1989 ela teve a chance de fazer um ensaio fotográfico para a Playboy, como era o seu desejo.
Em seguida, no ano de 1989, ela ganhou o papel de Shauni McClain na série de TV Baywatch, que lhe traria fama internacional. Ao todo ela já fez mais de 20 trabalhos no cinema e televisão. Em 1997, ela conheceu Philip Goglia e os dois se casaram no início de março de 1998 e se divorciaram em 2000.
Atualmente o seu companheiro é James Colby com quem ela tem uma filha, Indyanna, que nasceu em janeiro de 2006.




(1916 - 2000)
George Montgomery: George Montgomery Letz, foi o mais novo dos quinze filhos de uma família de imigrantes ucranianos. Montgomery nasceu em Brady, Montana, em 29 de agosto de 1919, tendo crescido em uma fazenda. Foi um ator norte-americano, mais lembrado pelos muitos westerns de baixo orçamento que protagonizou, notadamente na década de 1950.
Inicialmente ele tentou estudar na Universidade de Montana, mas seu interesse era pelo cinema e então tentou a sorte em Hollywood.
No ínicio trabalhou como figurante sem receber nada por isso e também foi dublê de vários atores inclusive de John Wayne. Em 1938, com o nome de George Letz, conseguiu papéis de maior destaque em dois seriados e um faroeste na Republic Pictures. Em seguida, foi contratado pela 20th Century Fox, que mudou seu nome artístico para George Montgomery.
Durante a segunda Guerra Mundial alistou-se no Corpo de Sinalizadores do Exército e saiu somente no final do conflito como sargento. Em seguida retornou às suas atividade artísticas.
Casou-se apenas uma vez, em 5 de dezembro de 1943, com a cantora Dinah Shore, que lhe daria sua única filha, Melissa, em 1947. Os dois também adotaram outra criança, Jody, em 1954.
Divorciaram-se em 1962, o que causou surpresa nos meios cinematográficos, em razão da longevidade do casamento. No ano seguinte, sofreu uma tentativa de assassinato por parte de sua empregada doméstica, que, alegadamente sofrendo de obsessão pelo ator, planejava matá-lo e suicidar-se em seguida. Ela falhou em ambos os propósitos.
Montgomery faleceu em Rancho Mirage, Califórnia, 12 de dezembro de 2000 em decorrência de problemas cardíacos e teve seu corpo cremado e as cinzas enterradas em dois cemitérios diferentes, um próxima à sua residência e outro próximo à sua cidade natal.



Horácio Spaciuk: Horácio Spaciuk, nasceu em 23 de setembro de 1968, em Apostoles, província de Misiones - Argentina. Ele é um músico argentino de origem ucraniana que faz muito sucesso em seu país. Ele é um especialista no acordeão.
El Chango, como é conhecido, é fortemente influenciado pela música polka, assim como a música tradicional da sua região. Ele ganhou o primeiro acordeão quando tinha 12 anos e começou a tocar em festas, casamentos e outros eventos, sempre inserindo ritmos ucranianos junto com seu pai, Lucas Spaciuk (violino), tio honório (bateria), tio Dmytro, no acordeão e tio Marcos cantor.
Em 1989, El Chango é convidado para tocar no Cosquín, um dos mais importantes festivais folclóricos da Argentina, onde recebeu o "Prémio de Consagração". Depois do Cosquín, Spasiuk grava o seu primeiro álbum, chamado "Chango Spasiuk".
Em 1997, ele participa em Festival Internacional de Jazz de Montreal em Canada, contracenando com os músicos como Pat Metheny ou John McLaughlin.
Em 2007, Spasiuk participou na gravação do programa "Pequeños Universos" do canal por cabo Encuentro, do Ministério de Educação argentino. O programa se centra em a busca, compreensão e difusão da música dos diferentes tipos na Argentina.
Spasiuk, ganhou inúmeros prêmios na sua trajetória de músico, entre eles Melhor Artista do Folclore, Prémio "Carlos Gardel" (Argentina) e vencedor do BBC World Music Awards, na categoria de "Revelação". Detalhes: - Clic aqui...



(1919 - 2006)
Jack Palance: Vladimir Palahniuk, seu verdadeiro nome, nasceu em 18 de fevereiro de 1919, foi um ator norte-americano. Antes da carreira artística, ele foi lutador de boxe profissional. Muitos acreditam que sua face desfigurada se deve aos golpes recebidos, mas na verdade a desfiguração foi causada por um acidente de avião, quando ele tomava aulas de pilotagem.

Palance, um dos cinco filhos, nasceu Volodymyr Palahniuk na região de Lattimer Mines da cidade de Hazel, filho de Anna Gramiak e Ivan Palahniuk, um mineiro. Seus pais eram os imigrantes ucranianos; seu pai nasceu na aldeia de Ivane Zolote, na Ucrânia Ocidental, e a sua mãe era da região de Lviv.
Também trabalhou como mineiro antes de se tornar um pugilista. Palance largou a carreira no boxe quando foi convocado para atuar na Segunda Guerra Mundial. No retorno da guerra iniciou sua carreira artística, caracterizando-se pelos papéis de vilões nos filmes western dos anos 50 e 60.
Apesar de ter sido indicado ao Oscar anteriormente, com Shane "Os Brutos Também Amam, 1953" só obtém sua primeira estatueta em 1992, pelo filme City Slickers "Amigos, Sempre Amigos".
No Brasil, seu maior sucesso foi como apresentador da série "Acredite se Quiser", produzida na década de 1970, e exibido no país pela Rede Manchete nas décadas seguintes. À época, chegou até a ser contratado pela gestão da então prefeita Luíza Erundina para divulgar as ações da prefeitura paulistana, num comercial inspirado na série.
Manteve uma vida artística extremamente ativa até 2004. Jack Palance faleceu de causas naturais dois anos depois, em 10 de novembro de 2006, aos 87 anos.




(1914 - 1955)
John Hodiak: John Hodiak, nasceu em 16 de abril de 1914, em Pittsburgh, Pennsylvania. Hodiak teve sua primeira experiência teatral aos 11 anos de idade, atuando em peças na Igreja Católica Ucraniana.
Hodiak, filho de imigrantes ucranianos e poloneses tentou primeiro trabalhar como ator em uma rádio mas foi rejeitado por causa de seu sotaque. Em 1942, depois de praticar e resolver o seu problema de pronúncia, começa a trabalhar em Hollywood. Na sua curta vida ele participou em mais de 30 filmes.
Ele se casou com a atriz Anne Baxter em 7 de julho de 1946 e se divorciou em 27 de janeiro de 1953. Tiveram uma filha, Katrina Hodiak, que nasceu em 09 de julho de 1951.
Em 19 de outubro de 1955, quando tinha 41 anos Hodiak sofreu um ataque cardíaco no banheiro em sua casa na califórnia vindo a falecer.




(1935 - 2011)
Lyudmila Markovna Gurchenko: Lyudmila Gurchenko nasceu em 12 de novembro de 1935 na cidade de Kharkiv, Ucrânia, seu pai se chamava Marko Gavrilovich Gurchenko (1898-1973) e a sua mãe Elena Aleksandrovna Simonova-Gurchenko (1917-1999). Ela conquistou seu espaço como estrela do cinema soviético em 1956, aos 21 anos, ao atuar na comédia musical “Noite de Carnaval”, de Eldar Riazanov. Por seu talento lírico e de comediante, tornou-se muito popular entre o público jovem por muitas décadas.
Ela atuou em mais de 80 filmes, conquistando o título de Artista Popular da União Soviética, em 1983, e o troféu Reconhecimento Público, em 1998, e foi agraciada duas vezes com a Ordem dos Méritos pela Pátria, em 2000 e 2005.
A lendária estrela do cinema russo Lyudmila Gurchenko morreu 30 de março de 2011, em Moscou, aos 76 anos, devido a um ataque cardíaco.
Gurchenko casou cinco vezes, incluindo um casamento de curta duração com Iosif Kobzon em 1969. Ela deixou uma filha, Maria (nascida em 1959) de seu primeiro casamento, dois netos e uma bisneta.



Milla Jovovich: Milica Natasha Jovovich, 1,73m de altura - nasceu em Kiev, Ucrânia, na época União Soviética, em 17 de Dezembro de 1975.
Milla Jovovich é filha de um médico sérvio-croata chamado Bogdan Jovovich, e de uma atriz russa, Galina Loginova.
Quando Milla tinha cinco anos sua família teve que deixar a URSS por motivos políticos, indo morar primeiro para Londres e depois para a Califórnia, Estados Unidos. Quando ainda era pequena, Milla já mostrava o seu gosto pela arte, especialmente pela música.
Crescendo, Milla Jovovich mostrava uma beleza natural e atraente, assim por muitos anos trabalhou como modelo. Seu primeiro trabalho foi com a cosméticos L'Oreal, onde trabalhou mais de 10 anos - Também trabalhou em outras grandes marcas como a Revlon e Calvin Klein.
Apesar de fazer muito sucesso como modelo, a influência de sua mãe eram fortes e Milla Jovovich também foi trabalhar no cinema.
Em 1988, fez o primeiro filme, "Two Moon Junction" e no filme de TV "The Night Train to Kathmandu". Foi protagonista do filme Volta à Lagoa Azul, um papel que Brooke Shields tinha feito há vários anos. Ela também fez muito sucesso no filme "O Quinto Elemento", e "Resident Evil".
Em 3 de novembro de 2007, Milla Jovovich deu a luz de uma menina cujo nome é Ever Gabo Jovovich Anderson, o fruto de seu relacionamento com o Inglês cineasta Paul WS Anderson. Atualmente ela está dando um tempo a sua carreira, criando a sua filhinha.



Mila Kunis: Milena (Mila) Markovna Kunis, 1,60m de altura, nasceu em Chernivtsi, Ucrânia, na época União Soviética, em 14 de Agosto de 1983.
O seu pai, Mark era engenheiro mecânico e a sua mãe, Elvira professora de física. Em 1991, com o fim da URSS a família muda-se para os Estados Unidos sem saber falar uma palavra em inglês.
Com a mudança a família teve uma mudança radical em suas vidas, o pai começa a trabalhar como taxista e a mãe em uma farmácia. Mila aprendeu inglês rapidamente assistindo televisão junto com o irmão Mike e isso facilitou o ingresso no meio artístico.
Fonte:pt.wikinoticia.com
Aos 9 anos, o pai matricula Mila em um curso de interpretação. Em uma das apresentações do estúdio a agente Susan Curtis, ofereceu-se para agenciar Mila. Pouco tempo depois, Mila apareceu na televisão americana, primeiro em um anúncio publicitário e depois num episódio de "Days of Our Lives".
A grande chance veio em 1998, quando conseguiu o papel de Jackie numa série que viria a se tornar tremendamente popular, "That 70’s Show", que duraria 10 anos. Mila também fez a voz de Meg Griffin na série de animação, "Family Guy" (Uma Família da Pesada) e pela personagem Lily no filme "Cisne Negro", lançado em 2010. Ao todo ela já participou em mais de 20 peças. Atualmente ela namora o ator Macaulay Culkin, estrela do filme "Esqueceram de Mim".



Olga Kurilenko: Olga Kostyantynivna Kurylenko, 1,78m de altura, nasceu em Berdyansk, Ucrânia, na época União Soviética, em 14 de novembro de 1979.
Foi descoberta aos treze anos por um caça-talentos, quando passava férias em Moscou. Trabalha há mais de quinze anos como modelo. Já foi capa da Elle, da Marie Claire e da Vogue, além de ter sido o rosto da Helena Rubinstein, famosa marca de cosméticos.
Em 2005 fez sua estréia no cinema, na França, no filme L'Annulaire, pelo qual recebeu o certificado de excelência no Brooklyn International Film Festival de 2006.
Olga fez parte do elenco de "Hitman", em 2007, trabalho que chamou a atenção dos produtores dos filmes de James Bond, que a escalaram para ser bond girl do mais recente filme da série, "Quantum of Solace", que estreou em novembro de 2008.




(1895 - 1967)
Paul Muni: Meshilem Meier Weisenfreund, filho de pais judeus ucranianos, nasceu em 22 de setembro de 1895, em Lviv - Ucrânia, na época império austro-húngaro.
Foi seis vezes indicado ao Oscar de melhor ator: em 1930, 1934, 1936, 1937, 1938 e 1960, tendo vencido em 1937, pelo papel de "Louis Pasteur" no filme "The Story of Louis Pasteur", de 1935. Pela atuação no mesmo filme recebeu a Copa Volpi no Festival de Veneza de 1936.
Em 1956 recebeu Tony Award de melhor ator dramático por "Inherit the Wind", uma produção da Broadway. Morreu em 25 de agosto de 1967 em Montecito na Califórnia.



Roberto Minczuk: Roberto Minczuk é o diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira da Cidade do Rio de Janeiro e da Filarmônica de Calgary, e diretor artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
Nascido na capital de São Paulo, descendente de ucranianos, Roberto iniciou-se musicalmente aos 6 anos na Igreja Assembléia de Deus Russa do Brasil, onde seu pai José Minczuk, era diretor musical. Aos 9 anos manifestou o interesse pela trompa, sendo aceito como aluno de Enzo Pedini na Escola Municipal de Música.
O seu currículo há várias regências, entre elas as orquestras filarmônicas de Nova York, Los Angeles e Israel, Orquestra da Filadélfia; sinfônicas de St. Louis, Atlanta, Baltimore, Detroit, Houston, Toronto e Ottawa, dentre outras. Na Europa, regeu as filarmônicas de Londres, Oslo, Hallé, Orquestra Nacional de Lyon e Royal National Scottish. Nesta temporada, estréia à frente da Orquestra de Minnesotta e Sinfônica de Dallas.
Roberto Minczuk é casado com Valéria Minczuk e tem quatro filhos: Natalie, Rebecca, Joshua e Julia.



Sandra Dee
(1942 - 2005)
Sandra Dee: Alexandra Cymboliak Zuck, nasceu 23 de abril de 1942, na cidade de Bayonne, Nova Jérsei, EUA. Filha de John Zuck e Mary Zuck, imigrantes de Cymboliak, Ucrânia.
Mais tarde, seus pais se divorciaram, mudando seu nome para Sandra, tornou-se uma modelo profissional aos quatro anos de idade, partindo, logo em seguida, para os comerciais de televisão.

Sandra Dee estreou seu primeiro filme em 1957, "Until They Sail" e, no ano seguinte, ganhou o Globo de Ouro como melhor atriz do ano. Sua carreira como atriz decolou e ficou famosa por seus papéis arquetípicos e ingênuos, tal como nos filmes "Imitation of Life", "Gidget" e "A Summer Place", todos de 1959.
Seu casamento em 1960 com Bobby Darin, aos 18 anos de idade, fez com que os holofotes recaíssem sobre ela por quase toda a década. Darin e Dee tiveram um filho, Dodd Mitchell Darin (também conhecido como Morgan Mitchell Darin) e divorciaram-se em 1967.

Ela admitiu que, por muitos anos, combateu a anorexia, a depressão e o alcoolismo. Em 2000, declarou ter uma série de doenças, incluindo câncer de garganta e doenças renais. Um séria complicação renal, combinada com pneumonia, levou-a à morte em 20 de fevereiro de 2005, na Califórnia. Ela estava com 62 anos.

Sua vida com Bobby Darin foi contada nos cinemas em 2004 no filme "Uma vida sem limites", no qual Kevin Spacey faz o papel de Bobby Darin e o de Sandra Dee é interpretado por Kate Bosworth.



Steven Spielberg: Em 2006 Steven Spielberg visitou Kiev, famoso diretor de filmes como "ET", "Jurassic Park", "Indiana Jones" e "A lista de Schindler. Para ele, essa visita não foi só a trabalho, mas também pessoal, rever a terra de seus antepassados - Ucrânia. Avô por parte de mãe que veio de Odessa - Ucrânia e ao lado do seu pai de uma pequena aldeia ucraniana. Seu prato favorito é o borscht (sopa de beterraba). Baseado na lista de Odi Melo: www.melnex.net
Spielberg Digigiu em 2006 "Spell your name", na Ucrânia: Ícone da indústria do cinema de Hollywood, o cineasta americano Steven Spielberg cresceu comendo sopa de beterraba ucraniana, mas foi só em 2006, aos 59 anos, que ele finalmente pisou em Kiev, capital da Ucrânia e terra natal de seus avós.
"Desci do avião hoje e disse: 'Estou em casa!'", declarou o cineasta a jornalistas, depois da exibição à imprensa de seu último projeto, um documentário sobre o holocausto intitulado "Spell your name".
O filme, dirigido pelo ucraniano Sergei Bukovsky e co-produzido por Spielberg e pelo bilionário ucraniano Viktor Pinchuk, dá prosseguimento a um tema que ocupa o diretor de "Munique" há mais de uma década.
Um ano depois de ganhar o Oscar de melhor filme com "A lista de Schindler" (1993), que mostrou para a nova geração os horrores da perseguição nazista aos judeus, a Fundação Shoah de Spielberg começou a entrevistar sobreviventes do holocausto, a maioria da Ucrânia.
Por ter crescido com quatro avós ucranianos, o cineasta tem uma forte ligação com o país. "Não tenho uma boa desculpa de por que esta é minha primeira visita", reconheceu. Mas, segundo ele, por ter crescido com os avós, "eu senti como se tivesse um pedaço da Ucrânia na minha própria casa, especialmente na hora do jantar".
"Spell your name" entrelaça as histórias de sobreviventes do holocausto, socorristas e um trio de jovens assistentes de direção cujas vidas são mudadas pelas histórias que ouvem durante o trabalho.
Pinchuk, um magnata do aço que é o segundo homem mais rico da Ucrânia, teve a idéia quando os dois se encontraram em 2005, nos Estados Unidos, durante as filmagens do remake "Guerra dos mundos". "Ele veio a mim e disse que havia uma história que devia ser contada e que este é o momento de fazê-lo", contou Spielberg.
Pinchuk disse aos jornalistas ter se sentido compelido a ajudar a contar a trágica história dos judeus ucranianos, dos quais cerca de 1,5 milhão foram massacrados durante a Segunda Guerra Mundial.
Segundo ele, sua própria família fugiu de Kiev um pouco antes do massacre de Babi Yar, em 1941, quando os nazistas mataram dezenas de milhares de judeus. "Minha família conseguiu escapar de Babi Yar, mas muitas pessoas que conheciam, seus amigos e vizinhos, muitos deles morreram ali", acrescentou Pinchuk.
Fonte: globo.com



Vera Farmiga: Vera Ann Farmiga nasceu em 06 de agosto de 1973, em Essex County, New Jersey e cresceu em Irvington, New Jersey.
Ela é filha de imigrantes ucranianos (a segunda mais velha de sete irmãos). O pai, Mykhailo, é analista de sistema de computador. A mãe, Luba Farmiga, é professora. Vera foi criada numa comunidade ucraniana nos Estado Unidos, e só aprendeu Inglês aos seis anos de idade. Frequentou uma Escola Católica Ucraniana em Newark e namorou um dançarino de folclore ucraniano. Em 1991, Farmiga graduou-se na Escola Regional Central de Hunterdon.
Ela estreou no cinema em 1998, no filme de pouco orçamento "Pela Vida de um Amigo" ("Return to Paradise"). Em 2000 contracenou com Richard Gere em "Outono em Nova York" ("Autumn in New York"). E no ano seguinte teve como companheiro de elenco no longa "15 Minutos" ("15 Minutes") ninguém menos que Robert De Niro.
Mas foi somente em 2006 que Vera atingiu o status de celebridade de Hollywood. Tudo graças ao filme "Os Infiltrados" ("The Departed"), dirigido por Martin Scorsese. O longa chegou a vencer o Oscar de Melhor Filme.
Com tanto reconhecimento, não tardou para surgir papeis de protagonista em películas de sucesso como "O Menino do Pijama Listrado" ("The Boy in the Striped Pyjamas", 2007) e no filme de terror "A Orfã" ("Orphan", 2008).
Em 2009 ela emprestou seu natural jeito sofisticado para a executiva Alex no drama "Amor Sem Escalas" ("Up In The Air") como par romântico do galã George Clooney. O longa lhe rendeu até uma indicação ao Oscar como Melhor Atriz Coadjuvante.
Até o momento, Farmiga atuou em mais de 10 filmes. Foi casada duas vezes e tem um filho de dois anos, Finn.

Em 2010 ela concorreu primeira vez ao Oscar, atuando no filme “Amor sem Escalas”, não foi a vencedora, mas é jovem e pode ser indicada novamente no futuro.